1280px-Nuuk_city_below_Sermitsiaq

Wanderlust #1: Groenlândia

Olá, viajantes!

Queremos apresentar o nosso novo bloco aqui no blog, que será atualizado todas as segundas-feiras: o bloco Wanderlust.

O que é Wanderlust? De acordo com o dicionário, Wanderlust é o desejo de viajar para saber mais sobre a própria existência. Profundo, não? E aqui no blog, será o nosso bloco das segundas-feiras, para compartilhar com vocês, leitores, nossa lista pessoal de desejos, exclusivamente sobre viagens. Toda segunda traremos um destino que queremos conhecer, mas que ainda não conhecemos e assim compartilharemos informações necessárias sobre o local escolhido. Sintam-se livres para compartilhar suas experiências conosco nos comentários!

O destino escolhido para iniciarmos nossa lista de desejos é a Groenlândia, destino que por pouco, muito pouco mesmo, não conhecemos. Quando iniciamos nosso mochilão no ano passado e decidimos que o nosso primeiro destino seria a Islândia, tentamos estender nosso roteiro para a Groenlândia, que ficava bem pertinho, menos de 3 horas de vôo. Mas, como estávamos fazendo um mochilão e mochilão significa economia a todo custo, tivemos que deixar a Groenlândia para trás, pois esse trajeto encareceu muito nossa viagem.

1280px-Nuuk_city_below_Sermitsiaq

Um resumo breve da história da Groenlândia: A Groenlândia é uma nação autônoma da Dinamarca, também considerada a maior ilha do mundo. Os locais mais próximos dela são a ilha de Devon, a ilha de Baffin, a Islândia, e as ilhas Jan Mayen e Esvalbarda, ambas da Noruega. A ilha já foi habitada por esquimós e também por vikings islandeses que descobriram a ilha, mas que acabaram voltando para seu país de origem a fim de evitar a escassez e a fome na era glacial. A ilha já foi motivo de disputa entre a Noruega e a Dinamarca (assim como a Islândia, até se tornar independente).

uummannaq-04upernavik-07

Língua:  Groenlandês (Kalaallisut)

População: 57, 564 habitantes (estimativa de 2008)

Atividade: Caça e pesca

É importante enfatizar que a Groenlândia possui 84% de seu solo completamente coberta por gelo, o que limita as atividades comerciais do local. O país faz parte do reino da Dinamarca, porém, é autônomo desde o ano de 1979.

Moeda: Coroa Dinamarquesa (DKK)

Capital: Nuuk (população de 15,666 habitantes)

upernavik-01qaanaaq-06nuuk-09

Curiosidades:

A Groenlândia não possui estradas, portanto, a única forma de ir de uma cidade para outra é através de trenó (isso mesmo!), barco ou avião.

O animal nacional da Groenlândia é o urso polar.

Na Groenlândia é possível fazer escaladas, trilhas, cruzeiros, mergulhos, observar as baleias, curtir as fontes termais, observar a cultura inuit (o povo local), observar o sol da meia noite ou a aurora boreal e até mesmo andar de trenó.

A culinária do país é rica em peixes, mamíferos marinhos e pássaros e os pratos que são feitos lá são receitas passadas de geração à geração entre as famílias.

Na Groenlândia existem cidades com nomes como Qaanaaq, Upernavik, Uummannaq, Ilulissat, Aaasiaat e Qeqertarsuaq.

Na Groenlândia, assim como na Islândia, o sol não se põe no verão e no inverno é possível ver a aurora boreal.

A população da Groenlândia é Inuit, ou seja, esquimós, embora o termo “esquimó” não seja mais aceito por eles.

ilulissat-06ilulissat-icefiord-07ilulissat-08inuit-culture-06

Até segunda que vem!

 

Fotos: greenland.com

Destaques,Dicas,Europa,Natureza,Wanderlust Bruna Sturzbecher 09 fev 2015

Deixe seu cometário