DSC_0849

Praga, a cidade medieval e capital da República Tcheca

Chegamos em Praga em um domingo à noite, vindos de Berlim, cerca de três horas de viagem de trem. Praga, capital da República Tcheca, pertencia à Tchecoslováquia, antes da separação da Eslováquia, em 1993.

Os tchecos, assim como os alemães, também sofreram muito durante a Segunda Guerra Mundial e Praga só não foi completamente destruída porque Hitler era apaixonado pela cidade e não permitiu que os nazistas a atacassem (não da mesma forma como atacaram Varsóvia, por exemplo, capital da Polônia que foi completamente destruída e onde sobreviveram pouco mais de mil pessoas).

DSC_0849

Os nazistas ocuparam o território de 1939 até 1945, o período que durou a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, os tchecos foram parar nas mãos dos comunistas por 41 anos, de 1948 até 1989. Em 1989, a chamada Revolução do Veludo expulsou o comunismo do país, que voltou a ser uma república democrática e em 1993 a Tchecoslováquia se dividiu em 2: República Tcheca, com sua capital em Praga e Eslováquia, com sua capital em Bratislava.

DSC_0199

Praga é uma cidade medieval e muito do cenário antigo está preservado até hoje. Pudemos ver o castelo, a cidade antiga, a ponte de Charles e até mesmo uma taverna daqueles tempos que hoje funciona como restaurante e pub (nós fomos). Ela também é conhecida pelas cervejas e por possuir o maior consumo de cervejas per capta do mundo! É de lá que veio as cervejas pilsen, tão comuns no Brasil.

DSC_0936

Uma das coisas mais bonitas de se admirar na cidade é sua arquitetura gótica misturada com arquitetura renascentista e moderna. Sem contar que ela é ideal para se fazer roteiros a pé, desde a Cidade Nova até a Cidade Antiga, com suas ruas estreitas e íngremes, onde todas levam até o Castelo de Praga, um dos mais famosos do mundo. Sua vida noturna é agitada e a cidade é repleta de turistas, vindos de todas as partes do mundo, além de ser muito barata e ideal para aqueles que querem viajar gastando pouco. Um exemplo disso é a cerveja que chega a custar apenas 3 euros o litro! 

DSC_0993DSC_0987

Orloj – o Relógio Astronômico

Construído na parede sul da prefeitura de Praga na era medieval, o relógio é composto de três partes principais: uma mostra a posição dos astros no céu, outra a caminhada dos apóstolos, que são esculturas em movimento, que aparecem duas vezes por dia e em determinadas trocas de horário e outra serve como um calendário representando os meses do ano (ou o zodíaco).

DSC_0685IMG_4103

Reza a lenda que o relógio foi construído por um homem chamado Hanuš e que o rei gostou tanto do trabalho dele que deu ordens para que cortassem sua língua e furassem seus olhos para que ele nunca mais repetisse tal obra, pois o rei queria que o relógio fosse exclusividade apenas de seu reino. Mas mesmo cego e mudo, com a ajuda de seus pupilos, ele invadiu o local do relógio e misteriosamente fez com que o relógio parasse de funcionar. Há quem diga que ele tenha colocado seu braço no meio das engrenagens e perdido a mão e há quem diga que ele tirou uma das peças essenciais para a vida do relógio, que depois do “incidente”, ficou cem anos sem funcionar, até que alguém descobrisse o que havia de errado com ele.

IMG_4101

U Krále Brabantského – A taverna

DSC_0083

No nosso penúltimo dia em Praga fomos jantar em um lugar bem inusitado: o  U Krale Brabantskeho, uma taverna dos tempos medievais, que foi restaurada e até hoje serve como restaurante e pub. Dizem que Mozart e até Freud já beberam por ali. A sensação que tivemos foi a de que estávamos na Idade Média, o lugar era decorado à luz de velas, com garçons vestidos como nos tempos medievais e até o cardápio era parecido com o que as pessoas daquele tempo comiam. Durante o jantar, foram apresentadas 4 performances: Uma com dança e música, uma luta, uma dança com espadas e por último uma com fogo.

IMG_4042IMG_4076

Outro detalhe curioso sobre o local é que ele é todo decorado com crânios (falsos, a gente verificou), que dá um toque bem macabro pro lugar. Adoramos e na nossa próxima ida a Praga, certamente iremos de novo! Para chegarmos até lá fomos andando por toda a cidade velha, no final do dia, o que é um programa muito interessante de se fazer pois dá pra ver todas aquelas construções antigas no momento do pôr-do-sol e o resultado é incrível!

IMG_4094IMG_4050IMG_4041

Um tour pelas ruas de Praga

Fizemos um tour pela cidade e tiramos outro dia apenas para caminhar por ela, já que ela é perfeita para quem prefere ir andando! Ver o contraste da Cidade Nova com a Cidade Velha, separadas pela Ponte Charles foi bem interessante. Nesse dia visitamos feiras de rua, pubs, o bairro judeu, andamos pela famosa ponte e subimos até o Castelo de Praga. Veja o que conferimos:

10551099_818057131561210_6991270702316065400_nDSC_0030DSC_0031DSC_0162DSC_0138DSC_0738DSC_0833DSC_0887DSC_0903DSC_0923DSC_0951DSC_0962DSC_0969

Fotos: Road For Two

Destaques,Dicas,Europa,República Tcheca Bruna Sturzbecher 05 mar 2015

Deixe seu cometário