Por que viajar é um bom investimento?

Há um ditado que afirma que “viajar é a única coisa que você compra e te deixa mais rico“. De fato, viajar traz benefícios incríveis para nosso desenvolvimento como seres humanos, mas quais são esses benefícios, exatamente? Há milhares de textos e projetos falando sobre como viajar é capaz de transformar vidas, centenas de pessoas compartilhando suas próprias experiências com viagens e incontáveis blogs de viagens (como esse aqui). Mas a pergunta é: como esses benefícios podem ajudar no dia-a-dia?

Já contamos por aqui a nossa experiência com viagens e o que isso trouxe de positivo para nossa vida e realização pessoal, já falamos aqui sobre a geração que está largando tudo para viajar o mundo, fizemos incontáveis listas sobre todos esses benefícios e hoje falaremos deles de modo específico, que poderão te ajudar em seus planos futuros, mesmo aqueles que não envolvem viagens.

VIAJAR TE AJUDA EM ENTREVISTAS DE EMPREGO

Se você já participou de entrevistas, deve estar familiarizado com o termo “life skills” (habilidades ou experiências de vida, em tradução livre). No mercado de trabalho atual, esse item, apesar de não parecer tão importante, é bem mais requisitado do que você imagina. Mas o que ele significa, necessariamente?

Há quem diga que dinheiro não compra amor ou felicidade, mas na verdade o dinheiro não compra um monte de coisas. Você até pode afirmar que o dinheiro é capaz de comprar amigos, afeição e qualquer outro item material ou que mantenha o mínimo das aparências. Mas ele não compra habilidades sociais, inteligência emocional, tolerância, paciência, entendimento entre outras coisas que só são adquiridas com experiências de vida.

Se você não pode comprar essas habilidades, como você pode adquiri-las?

Se aventurar pelo desconhecido pode parecer assustador. Nós não sabemos se algo irá dar errado no meio do caminho, mas mesmo assim nós sofremos por antecipação e sabe por que? Porque isso está além da nossa zona de conforto, além do seguro, daquilo que conhecemos. Saber o terreno em que estamos pisando nos faz mais confortáveis e confiantes em qualquer situação e se aventurar mundo a fora é exatamente a antítese disso.

Agora pegue esse exemplo e aplique em uma entrevista de trabalho: nós não sabemos o que vem pela frente, que tipo de perguntas serão feitas ou como iremos reagir e é exatamente por isso que ficamos com aquele frio na barriga ao sermos chamados para uma entrevista de emprego. Isso é o medo do desconhecido e uma vez que você já passou por experiências como essas, de encarar o desconhecido e sair da sua zona de conforto, você acaba desenvolvendo suas “habilidades de vida“, coisa que não pode ser comprada ou mesmo ensinada nas escolas.

VOCÊ APRENDE AQUILO QUE NINGUÉM ENSINA NAS ESCOLAS

Dizem que uma educação privada é um grande investimento a se fazer, mas a verdade é que nem isso é garantido, assim como coisa nenhuma na vida tem garantia. Então, sendo assim, como viajar pode te ensinar aquilo que você não aprende na escola? É mais simples do que se imagina: paciência, bondade, visão do mundo, mente aberta, inserção em culturas diferentes, línguas novas, valores, ética…e a lista só continua. Portanto, da mesma forma que as melhores escolas e faculdades parecem um bom investimento, viajar também.

TOLERÂNCIA E PACIÊNCIA SÃO VIRTUDES

No cenário em que vivemos, ninguém mais quer esperar por nada. Aplicativos foram criados para substituir as filas das lojas, dos supermercados e até mesmo dos bancos. Comidas prontas, fast food e comidas instantâneas estão disponíveis nos mais abastados supermercados e nas vendas de bairro. Quem gosta de esperar, não é mesmo? E sem percebermos, vamos criando um novo hábito e a nova geração está cada vez mais intolerante quando o assunto é “esperar”.

E como viajar pode te ajudar a ser mais paciente? Pode parecer uma piada, mas a melhor resposta para essa pergunta é: testando sua paciência. Se algo nunca deu errado em suas viagens, não se preocupe: ainda vai dar. E são nessas horas que o exercício da paciência vale a pena. Vôos atrasados, vôos cancelados, filas para ir ao banheiro, filas para qualquer outra coisa que você precise, mas esteja com pressa, problemas em reservas de hospedagem, extravio de bagagens e mais uma infinidade de coisa irão te ensinar (na marra) a respirar fundo, contar até dez e aos poucos desenvolvendo sua tolerância. Aprender a ser mais tolerante é aprender a controlar seu humor e saber como controlar o humor é uma das chaves para a felicidade. E felicidade não tem preço.

VOCÊ IRÁ APRENDER A FAZER PLANEJAMENTOS FINANCEIROS QUE RENDERÃO FRUTOS A LONGO PRAZO

No sentido financeiro da coisa, investir nada mais é do que desembolsar um valor inicial para um ganho a longo prazo. E já que estamos falando de questões financeiras, para muita gente viajar não parece ser um bom investimento, pois ainda hoje muitos mantém a ideia de que viajar é “caro”. Sim, muitas vezes pode ser caro, mas ao mesmo tempo é uma das melhores formas de aprender a como administrar suas finanças, coisa que muitos levaram anos e anos para aprender e outros ainda nem sequer aprenderam. Experimente se jogar em uma viagem por uma semana, um mês, um ano que seja sem estipular a quantia que você poderá gastar e você se verá forçado a fazer um plano de gastos e aprender como economizar. Viajar requer planejamento, principalmente no âmbito financeiro. Falo por experiência própria: você se surpreenderá com a criatividade que irá desenvolver para fazer seu dinheiro durar mais.

_

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

15 formas de como viajar pode mudar sua vida para sempre

24 motivos para mudar de vida e viajar o mundo

Por que nunca haverá um momento certo para viajar

Motivos para viajar enquanto se é jovem

Destaques,Dicas Bruna Sturzbecher 22 nov 2015

Deixe seu cometário