O GUIA COMPLETO DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO PARA SUA VIAGEM

A verdade é que há várias formas de juntar dinheiro para realizar aquela viagem dos sonhos. Nós mesmos já tentamos várias, seja um trabalho extra, um cofrinho em casa, um corte de despesas, vender coisas que não usamos mais, sempre há uma forma para isso, se é isso que você pode e quer fazer, claro. Sem dúvida, alguns métodos funcionam melhor do que outros e isso varia de pessoa para pessoa.

Quanto você precisa juntar?

O primeiro passo, é claro, é determinar o quanto você quer juntar, com quanto você acha que é possível realizar sua viagem. E para isso, você precisará considerar uma série de fatores que determinarão todo o curso da sua viagem, que estão listados abaixo:

ONDE VOCÊ ESTÁ (OU ONDE VOCÊ MORA) NO MOMENTO É IMPORTANTE

Esse é, de forma geral, um fator determinante. Se você está no Brasil, por exemplo, as viagens mais econômicas provavelmente serão para destinos na América do Sul. Se você mora na Europa, os países europeus tendem a sair bem mais em conta também, mesma coisa se você estiver nos EUA e quiser viajar para o Canadá, ou o México. Estar mais perto do seu destino torna tudo mais fácil para o seu bolso. Destinos próximos ao seu endereço devem ser considerados se o seu objetivo é fazer uma viagem gastando pouco.

QUANTO TEMPO DE VIAGEM?

Se você está planejando ficar apenas alguns dias fora sob o argumento de que vai sair mais barato, esqueça. Viajar por pouco tempo não significa que você irá economizar e muitas vezes isso pode acarretar nos mesmos gastos e até mais do que em viagens longas.

A razão pela qual uma viagem longa pode sair melhor para o bolso é que nela você faz um melhor planejamento financeiro e, como consequência, planeja melhores formas de organizar o bolso e segurar os trocados. Sem contar que, em uma viagem curta a tendência é “aproveitar que estamos aqui” e gastar tudo o que você economizou e em viagens longas você acaba economizando até mesmo em hospedagem pra fazer o dinheiro durar mais. Nós já fizemos uma lista de várias opções de hospedagens baratas que você pode conferir aqui.

QUE TIPO DE VIAGEM VOCÊ QUER FAZER?

Pare pra pensar no que exatamente você quer fazer lá fora. Talvez sua ideia seja passar seus dias na beira do mar, em um resort bem confortável, mas tome cuidado! Esse tipo de viagem costuma ser extremamente caro e você acabará gastando muito mais do que o planejado. Se for fazer uma viagem cara, prefira lugares em que você poderá aproveitar melhor seu tempo e conhecer mais coisas do que simplesmente sentar na beira da praia. Se o seu objetivo é economizar em uma viagem, esse tipo de viagem deverá ficar fora dos seus planos.

CALCULE PARA ONDE VAI O DINHEIRO QUE VOCÊ ESTÁ JUNTANDO, EXATAMENTE

Passagens + Hospedagem + Seguro de Viagem + Gasto Diário = R$ ______

Uma vez que você determinar o quanto precisa, poderá realizar conversões para ter uma noção de como será a sua viagem. Para questões de segurança, sempre arredonde o valor. É melhor sobrar dinheiro do que faltar!

Exemplo: uma semana em Buenos Aires, no final do ano  (pra uma pessoa):

Passagem: R$ 778,00

Hospedagem: R$ 128,00 por dia = R$ 896

Seguro de viagem: R$ 140,00

Gastos diários: R$ 60,00 por dia (cerca de 155 pesos)  = R$ 420,00

Total: R$ 2.234

O exemplo acima é de uma viagem extremamente confortável, no final do ano, onde tudo costuma ser mais caro, em um bom hotel e com uma boa quantia de dinheiro para se gastar por dia. Se você preferir ficar em um hostel e gastar menos do que a quantia estipulada no exemplo e viajar de ônibus, ou tentar uma promoção de última hora, ou até mesmo comprar suas passagens com milhas do seu cartão de crédito, o valor da viagem pode cair pela metade!

(Apenas por curiosidade: usei o decolar.com para ver passagens e hospedagens e o Mondial para cotar o seguro)

COMO VOCÊ VAI ALCANÇAR SEUS OBJETIVOS? (JUNTAR DINHEIRO, NO CASO)

Como falei no início, há várias formas de juntar dinheiro e a melhor forma de se alcançar um objetivo é focar nele e ir caminhando aos poucos. Lembre-se que cada vez que você deixar de pegar um táxi, ir ao salão ou pedir comida em casa, mais dinheiro estará indo para o seu cofrinho! E abaixo segue uma lista de idéias que podem ser usadas para juntar dinheiro:

Trabalhando e guardando

Essa forma costuma levar mais tempo, mas é a forma mais comum e para muitos a mais fácil. Faça uma tabela e determine quanto você poderá guardar por semana e quantas semanas você precisará economizar para chegar no seu objetivo. Assim, quanto mais perto você estiver dele, mais perto você estará de alcançar o seu sonho.

Venda aquilo que você não usa mais

Você tem um móvel em casa que não usa mais, ou então aquela roupa que usou só duas vezes e está ocupando espaço no guarda-roupas? Venda! Faça um mini bazar, chame seus amigos, ou então venda pela internet. Hoje em dia há vários serviços de venda de artigos pela internet, que podem anunciar e vender para você. Há pessoas que vão mais além, que vendem carro, casa, móveis e a metade das roupas para cair na estrada. Você não precisa fazer isso se não quiser, mas pode vender aquilo que não usa mais, que tal?

Trabalhos extras

Infelizmente, não há nenhuma fórmula mágica para arrumar dinheiro, bom seria se tivesse! Mas existem atividades que poderão te ajudar a ganhar dinheiro extra, caso você já tenha um emprego. Se você sabe bem inglês, por exemplo, você pode dar aulas de inglês, ou fazer algumas traduções. Se você gosta de cozinhar, pode vender brigadeiro, bolo ou qualquer outra coisa que você goste. Você também pode trabalhar em eventos aos finais de semana, ou qualquer outra atividade que esteja precisando de gente. Infelizmente, para dar o pontapé inicial é necessário abrir mão de muitas coisas, mas lembre-se de que isso não será para sempre e que, uma vez que você alcance seus objetivos, estará livre.

Empréstimos

Sim, isso é possível, ainda mais se você é daqueles que não querem mais esperar tanto tempo até juntar a quantia exata para cair no mundo. Muitas pessoas já fazem isso e começam a realizar o pagamento assim que voltam de viagem. Não há vergonha nenhuma nisso, desde que você tenha um plano financeiro de como pagar depois. Não há nada pior do o arrependimento combinado com altas mensalidades e juros abusivos.

Trabalhe enquanto viaja

Outra forma genial de custear suas viagens é trabalhar enquanto estiver viajando, como eu estou fazendo e já contei nesse post aqui. Além disso, existem vários trabalhos que podem ser feitos à distância e hoje cada vez mais pessoas estão trocando os escritórios por esse estilo de vida, conhecido como nômades digitais.

VÁ!

Nada melhor do que saber que existem várias formas para se alcançar objetivos, não é mesmo? Você pode usar essas dicas não só para viajar, mas para qualquer outra coisa que tenha como objetivo na vida. Vá realizar seus sonhos! Corra atrás deles, custe o que custar! Vá atrás do que te faz feliz!

_

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

Como viajar por três meses com apenas o dinheiro da passagem

Largando tudo para viajar o mundo: saiba como se organizar e planejar uma viagem

Como conseguir passagens aéreas baratas

Como viajar sem um pacote de viagens

Destaques,Dicas,Listas Bruna Sturzbecher 24 nov 2015

Deixe seu cometário