Ele largou o emprego, vendeu suas coisas e viajou o mundo por 3 anos

Cansado de um trabalho diferente daquilo que havia estudado para ser, o americano Walter Chang decidiu que era a hora de viajar. Por cerca de um ano ele dormiu na casa dos amigos, trabalhou por várias horas extras e vendeu quase tudo o que tinha. Em 13 de setembro de 2011, entrou no avião para uma viagem de 3 anos em 60 países.

Segundo ele, mochilar pode ser bem frustrante. Ele caminhou muito, passou noites em aeroportos, dormiu em parques, acampou. Foi roubado no Chile, teve seu equipamento de fotografia arruinado pela água enquanto estava na Uganda e quase morreu quando seu carro capotou no deserto da Namíbia. Mesmo assim, estranhos o ajudaram pelo caminho de várias formas: o levaram para passear pelas cidades, compraram comida e até mesmo providenciaram lugares para que Walter pudesse dormir. Ele afirma que viagens nos mantém alertas sobre nossas diferenças, abre nossa mente e nos previne de escolher o caminho mais fácil.

Você pode ver mais sobre o projeto de Walter em sua página: wecallthishome.com

YOKYAKARTA, INDONÉSIA

PYONGYANG, CORÉIA DO NORTE

IJEN PLATEAU, INDONÉSIA

CAPADÓCIA, TURQUIA

MACHU PICCHU, PERU

KOH LANTA, TAILÂNDIA

OS 12 APÓSTOLOS, GREAT OCEAN ROAD, AUSTRÁLIA

PARQUE NACIONAL MANA POOLS, ZIMBÁBUE

BAGAN, MYANMAR

MILFORD SOUND, NOVA ZELÂNDIA

KYOTO, JAPÃO

HAVANA, CUBA

SEMONKONG, LESOTO

AMARAPURA, MYANMAR

CARNAVAL EM OLINDA, BRASIL

VARANASI, ÍNDIA

PAMIR HIGHWAY, TAJIQUISTÃO

VILANKULO, MOÇAMBIQUE

Fotos e vídeo: Walter Chang

_

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

A vida desse fotógrafo nunca mais foi a mesma após passar dez dias na Islândia

Casal larga emprego e viaja pelo mundo mostrando a distância que já percorreu

Ele largou os estudos aos 18 anos e viajou por 97 países desde então

Fotógrafo viaja pela Europa para fotografar lugares abandonados

Destaques,Dicas,Fotografia Bruna Sturzbecher 02 dez 2015

Deixe seu cometário