Contamos como foi conhecer o Castelo de Caerphilly, no País de Gales

A Europa, por si só já é famosa por sua quantidade de castelos medievais, capazes de contar histórias através dos anos. Em nossa viagem ao redor da Europa, visitamos vários deles, todos bem imponentes e incrivelmente conservados. É claro que, muitos deles tiveram de ser restaurados, alguns devido às ações do tempo, mas a maioria como consequência dos bombardeios da Segunda Guerra Mundial.

Um dos castelos que mais no chamaram a atenção foi, sem dúvidas o Castelo de Caerphilly, no País de Gales, a apenas alguns minutos da capital, Cardiff. Iríamos passar o dia conhecendo os castelos da região, mas uma vez que entramos nele, gastamos uma tarde inteira explorando seus cantos. Ele é considerado um dos maiores castelos da Europa, erguido entre os anos de 1268 e 1271 e é um exemplo típico da fortificação dos normandos, considerado uma das fortalezas mais imponentes e seguras que já existiram.

O Castelo de Caerphilly é o maior castelo do País de Gales e o segundo maior da Grã-Bretanha, perdendo apenas para o Castelo de Windsor, na Inglaterra. Seu perímetro, que cobre cerca de 30 acres, é cercado por lagos artificiais, que nos tempos medievais foram usados para confundir os inimigos e retardar os ataques. Sua arquitetura foi obra de Gilbert de Clare, Lorde de Glamorgan e foi um marco na arquitetura medieval e nas técnicas de defesa da época. Foi construído para defender os ingleses dos constantes ataques feitos pelos galeses.

O castelo se torna ainda mais interessante pelo fato de ter sido atacado inúmeras vezes, mas nunca invadido. Inclusive, em um desses ataques, uma de suas torres acabou danificada e suas rachaduras e inclinação (que é maior do que a da famosa Torre de Pisa), podem ser facilmente vistas. Uma das coisas que mais intrigam os engenheiros é o fato de toda a sua estrutura ter sido construída em apenas 3 anos, a mais de 700 anos atrás e também o fato de uma construção dessa magnitude ter sido tão bem administrada em um período onde a tecnologia era inexistente.

Registramos tudo o que vimos por lá:

DSC_0104 DSC_0105 DSC_0108 DSC_0110 DSC_0111 DSC_0113 DSC_0115 DSC_0119 DSC_0122 DSC_0127 DSC_0128 DSC_0131 DSC_0132 DSC_0144 DSC_0148 DSC_0150 DSC_0159 DSC_0162 DSC_0163 DSC_0165 DSC_0166 DSC_0169 DSC_0176 DSC_0178 DSC_0179 DSC_0181 DSC_0183 DSC_0184 DSC_0190 DSC_0191 DSC_0193 DSC_0194 DSC_0196 DSC_0197 DSC_0198 DSC_0200

_

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

Liverpool: nós fomos na cidade dos Beatles

Conhecendo Roma, o berço da civilização ocidental

Um roteiro por Berlim

Praga, a cidade medieval e capital da República Tcheca

Destaques,Dicas,Reino Unido,Roteiros Bruna Sturzbecher 27 nov 2015

Deixe seu cometário