As 25 coisas mais estúpidas para se fazer em uma viagem pela Islândia

Essa lista é para, além de divertir, advertir, para que você não venha a ser um turista estúpido quando estiver na Islândia. Muitos não levam a sério, mas dependendo do lugar e da falta de cuidados em uma viagem por aqui, aventuras despreparadas e descuidadas podem resultar até em morte.

Recentemente alguns turistas tiveram a “brilhante” ideia de escalar os icebergs do lago Jökulsárlón, o maior lago glacial da Islândia, onde a temperatura da água beira os 0°C o ano todo e o gelo vive se partindo. Eles poderiam ter ficado presos no meio deles e morrido de hipotermia facilmente! Por sorte, muita sorte, nada de ruim aconteceu.

Então, pensando nisso, reunimos aqui as coisas mais estúpidas que você poderia fazer na Islândia (algumas mais sérias e que podem arriscar sua vida e outras apenas simples e que não causarão maiores danos):

1. Trazer guarda-chuva para a Islândia

Mesmo que chova com bastante frequência por aqui, guarda-chuvas não possuem muita utilidade, porque há sempre tanto vento que a chuva acaba vindo de todos os lados.

2. Dirigir pelas highlands e geleiras com um carro que não seja 4X4

Nunca vá para uma geleira, a não ser que você esteja acompanhado de alguém que conhece bem a área. E não dirija pelas highlands com um carro que não seja 4×4! As estradas aqui são bem sinalizadas e você saberá por onde seguir (a Ring Road, ou Rota 1 está livre para qualquer tipo de veículo).

3. Tentar reservar um quarto em um “ice hotel”

Não acredite em tudo aquilo que te contam nos filmes! Não existem hotéis de gelo na Islândia! Na Suécia, Noruega, Finlândia e Canadá existem, mas a verdade é que a Islândia não é fria o suficiente para isso.

4. Vir para a Islândia no inverno para ver o sol da meia-noite

O sol da meia-noite só acontece no verão. No inverno, tudo aqui é bem escuro.

5. Vir para a Islândia no verão para ver a Aurora Boreal

A Aurora Boreal só pode ser vista no escuro e não há noites no verão da Islândia, devido ao sol da meia-noite. Faz sentido, certo?

6. Trazer lanternas para acampar no verão

Como mencionado acima, não há noites no verão (junho e julho).

7. Tirar fotos da Aurora Boreal com flash

Se deseja fotografar a Aurora Boreal, você irá precisar de uma boa câmera, para poder usar longas exposições. Tirar fotos com flash não trarão bons resultados.

8. Dirigir onde não há estradas

Isso é ilegal aqui na Islândia e a multa é bem salgada. Não faça isso.

9. Escrever seu nome nos musgos

Pode parecer surreal para alguns, mas sempre há um turista que se aventura a fazer esse tipo de coisa. É muito comum encontrar campos de musgos por aqui e eles são bem delicados e levam décadas e até séculos para se recuperarem. Há muitos anos atrás, alguns turistas escreveram seus nomes em um desses campos e até hoje o musgo não se recuperou totalmente. E caso seja pego fazendo coisas do tipo, você certamente será multado.

10. Sair em excursão no nascer do sol, no inverno

No inverno os dias são muito curtos. Se você sair no nascer do sol, é bem provável que chegará no seu destino só no pôr-do-sol e passará a melhor parte do dia dentro do carro.

11. Jogar lixo no chão

É mais do que óbvio que essa regra não se aplica apenas à Islândia, não é mesmo? Afinal, ninguém quer andar por aí vendo um monte de lixo pelo chão, ainda mais em um lugar com uma natureza tão linda. E isso inclui bitucas de cigarro e chiclete!

12. Não checar o tempo ou como estão as vias antes de viajar

Só porque o tempo está bonito em Reykjavík (ou qualquer outro lugar onde você estiver), não significa que estará da mesma forma daqui uma hora, por exemplo. Esse site é um dos melhores para checar as vias no país.

13. Vir para a Islândia e só ficar em Reykjavík

A natureza que existe no interior é a melhor parte do país e o que faz da Islândia o que ela é. Não perca!

14. Jogar moedas nas fontes termais

Existe apenas uma fonte termal onde é permitido jogar moedas: Peningagjá, no Parque Nacional Thingvellir. Não jogue moedas nas outras.

15. Sair dos caminhos marcados em áreas geotermais

As áreas geotermais são bem instáveis e a maioria das fontes encontradas nessas regiões possuem mais de 100°C, então, caso alguém aventure a sair dos caminhos delimitados, poderá sofrer graves queimaduras.

16. Não se vestir de acordo com o tempo

Se vestir bem, na Islândia, não significa se vestir de acordo com a moda, mas sim com roupas quentes. Se você está indo praticar hiking, por exemplo, não use sapatos caros, bermudas, jeans ou roupas de algodão, mesmo que seja verão (jeans e algodão perdem a capacidade de aquecer quando se molham e demoram muito tempo para secar).

17. Sair para a balada às 7 da noite e voltar para casa antes da meia-noite

A vida noturna na Islândia não começa antes da meia-noite. Normalmente as pessoas começam a chegar nos lugares às 2 da manhã.

18. Não levar roupas de banho

Mesmo que a Islândia seja fria, há várias oportunidades para nadar e relaxar, sejam em piscinas aquecidas (muitas são públicas e gratuitas) ou fontes termais.

19. Não se aventurar nas piscinas porque está “muito frio”

Sim, aqui faz frio, mas existem muito mais coisas além das piscinas públicas. No mesmo local sempre existem ofurôs e saunas sempre quentes, isso sem contar as fontes termais espalhadas pelo país.

20. Reclamar do tempo

Não é novidade que aqui faz frio. E o frio também faz parte da experiência de conhecer o país, então, pra que reclamar?

21. Estacionar seu carro próximo à baladas no final de semana

É muito, mas muito pouco provável que alguém irá te roubar por aqui (a Islândia possui uma taxa de criminalidade quase nula), mas é bem provável que no dia seguinte você tenha que levar seu carro pra lavar.

22. Não comprar álcool no Duty Free

Álcool na Islândia possui impostos altíssimos. É quase seu dever comprar todas as bebidas que puder no duty free. E uma dica: a cerveja pilsner tão barata vendida em supermercados aqui não é alcoólica.

23. Fazer hikking levando 20 litros de água e tabletes de cloro

A água da Islândia é uma das mais puras que existem no mundo, sendo assim, não há necessidade de levar tabletes de cloro. E também há água em abundância no país, então não é preciso levar galões de água pesados por aí. Leve apenas dois litros e depois você poderá encher em fontes, rios e cachoeiras pelo meio do caminho. Apenas confira sua rota antes de partir e verifique onde estão as fontes potáveis (quase todas são, com exceção dos rios glaciais e águas paradas).

24. Comprar garrafas de água

Como dito acima, a água da Islândia é uma das mais puras que existem no mundo. E a água que você compra em garrafas é a mesma água que você vê saindo pela torneira.

25. Ter expectativas de ver pinguins

Pinguins vivem no HEMISFÉRIO SUL, como na Antártica, África do Sul, Argentina e Austrália.

 

Fonte: Guide to Iceland

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

O casal que decidiu viajar pela Islândia ao invés de uma festa de casamento tradicional

Como viajar por três meses com apenas o dinheiro da passagem

Baleias em Husavík, Islândia

Aurora Boreal na Islândia

Destaques,Dicas,Islândia,Lista Road For Two,Listas Bruna Sturzbecher 22 out 2015

Deixe seu cometário