35 dicas que todo mochileiro deveria saber

Não há dúvidas de que mochilar é uma arte. Colocar tudo o que você precisa dentro de uma mochila, viajar pelo mundo dormindo em hostels, albergues e barracas e com pouquíssimo dinheiro requer o mínimo possível de criatividade. Dentre tantas dicas de viagens, aqui estão algumas essenciais para todos aqueles que querem fazer um mochilão ou que já mochilaram e estão indo novamente:

1. Pesquise sobre o destino escolhido.

Faça uma pesquisa sobre o seu destino antes de partir! Se informe sobre a vida selvagem do local, caso tiver e também todos os possíveis perigos, como qual animal local você deve tomar cuidado ou qual animal peçonhento é mais comum.

2. E a cultura local também.

Fique por dentro dos costumes locais! Em alguns locais, por exemplo, é considerado ofensa dar gorjetas em restaurantes. Já em outros, o contrário é que é ofensivo. Fique atento.

3. Não tenha medo de viajar sozinho.

São MUITOS os viajantes sozinhos pelo mundo e encontrar essas pessoas e passar com elas nem que sejam dois ou três dias certamente será uma experiência gratificante. Em hostels, é comum pub crawls organizados, ou bares, então fique tranqüilo: você não estará completamente sozinho.

4. Não sobrecarregue seu roteiro.

Se você está viajando por 1o dias, não planeje 10 coisas para ver. Seja espontâneo, caso contrário, sua viagem se tornará cansativa. Monte um roteiro, mas tire um tempo para fazer algo do seu interesse, como conhecer os moradores locais, ou outros viajantes. Certamente isso será mais memorável do que ir atrás de mais uma igreja interessante, ou mais um ponto turístico, apenas para dar um “check” na sua lista.

5. Deixe um dinheiro guardado para emergências.

SEMPRE tenha um dinheiro guardado para emergências, seja escondido em suas coisas ou com alguém de sua confiança que seja capaz de transferir o valor para sua conta. Várias coisas podem dar errado no meio do caminho e como não dá para prever, o melhor é estar sempre preparado.

6. Certifique-se de que o seu celular está “preparado para a viagem”.

Fale com sua operadora antes de viajar e também considere comprar um SIM temporário no país que você está visitando.

7. Confira todas as opções de translado.

Se você estiver viajando pela Europa, confira os pacotes das agências de trem. Algumas dão acessos a vários países por cerca de um mês, por exemplo. Uma opção como essa sai muito mais barata do que as convencionais.

8. Certifique-se de que uma passagem mais em conta é realmente a melhor opção para você.

Quando estiver viajando, veja qual é a melhor forma de chegar até seu hostel/hotel. Às vezes aquela passagem barata comprada na promoção irá te levar para um aeroporto mais afastado da cidade e você terá que desembolsar mais do que o planejado para conseguir um translado até seu destino. Por isso, escolha suas acomodações de acordo com sua localização. Não vale a pena pagar 10 reais a menos e ficar em um lugar longe.

9. Viaje com uma bagagem pequena.

O recomendado é que sua bagagem seja pequena o suficiente para levar com você nos vôos. Se você está indo para a Europa e planeja viajar com companhias aéreas de baixo custo, como a Ryanair e a EasyJet, então essa é sem dúvidas a melhor opção. E outra: você não precisa de uma mochila enorme pesando em suas costas, não é mesmo?

10. Tente aproveitar todos os espaços.

Escolha uma mochila que abra por completo. Enrole suas roupas ao invés de dobrá-las, use os mapas que são oferecidos gratuitamente em postos de informação ao invés de levar um guia do Lonely Planet. Não esqueça de levar um bom par de fones de ouvido.

11. Avalie o conforto antes de comprar uma mochila.

Ombreiras largas podem ajudar muito na hora de carregar a mochila nas costas.

12. Tenha com você alguns acessórios para ajudar a organizar sua bagagem.

Embalagens e frasqueiras podem ser úteis na hora de fazer as malas. Dessa forma, seus objetos de higiene, sapatos, roupas e peças íntimas estarão devidamente separados.

13. Evite levar mais do que você precisa.

Não leve roupa para todas as ocasiões, caso contrário, você acabará tendo de pagar excesso de bagagem e não usará metade do que levou. Leve roupas confortáveis (esqueça da moda) e itens básicos do dia-a-dia.

14. Na verdade, tente diminuir sua lista de pertences pela metade.

Sabe aquela roupa que você está levando só para o caso de precisar? Não leve. Pouco é muito quando você está viajando e você não vai querer ter que levar peso desnecessário.

15. Leve com você lenços de papel e lenços umedecidos.

São versáteis e te ajudarão quando faltar papel higiênico em banheiros públicos, por exemplo. Também ajudarão a “lavar as mãos” quando não tiver alguma torneira por perto.

16. Leve fita adesiva.

Você pode não acreditar, mas fitas adesivas podem nos salvar de muitos perrengues. Podem ajudar a manter um objeto quebrado ou até mesmo uma mochila furada.

17. Leve sacos plásticos em sua bagagem.

Sacos plásticos podem ser sua salvação! Eles podem ser úteis para guardar produtos de higiene e evitar que eles vazem no meio do caminho, por exemplo. Também servem para guardar peças de roupas molhadas (caso você não tenha tempo de secá-las) e comida.

18. Leve um par extra de cadarços.

Para o caso de você precisar descartar o seu.

19. Leve uma garrafa d’água.

De preferência uma resistente. Em muitos lugares do mundo a água da torneira é potável e própria para o consumo (em alguns lugares ela já vem gelada) e essa é uma boa forma de economizar!

20. Leve uma canga (sarong).

É uma peça leve e serve pra várias coisas: como toalha, para sentar na grama, na areia da praia ou como cobertor em translados de avião, ônibus e trens.

21. Leve pouca maquiagem (ou nenhuma).

Tenha coragem de sacrificar seu “look”. Dependendo do lugar onde você esteja, maquiagens só irão ocupar espaço e atrapalhar.

22. E poucos produtos de cabelo (ou nenhum).

Acredite: alguns mochileiros não levam nem shampoo em suas mochilas.

23. Use coletor menstrual ao invés de absorventes.

Essa medida ajudará a economizar dinheiro e espaço. É até mesmo uma opção mais adequada quando seu tempo não for flexível.

24. Se você estiver hospedado em hostel, leve um saco de dormir.

Se você não confia na higiene do hostel em que está hospedado, essa pode ser a melhor saída. Dessa forma você terá certeza de que está se cobrindo com algo limpo.

25. Leve uma almofada de pescoço.

Essa medida pode fazer uma boa diferença no seu sono, principalmente durante translados de trem, ônibus e avião. Quando você dorme melhor, acorda mais relaxado e menos irritado.

26. Leve uma máquina de lavar portátil.

Sim, algumas marcas já estão a venda no Brasil. Trata-se de um saco capaz de lavar suas roupas durante a viagem. Ideal para quando não houver nenhuma lavanderia próxima.

27. Seja minimalista.

Não leve com você nada que você não se sinta confortável em ter de jogar fora (caso precise).

28. Seja organizado.

Tenha cópias online de seus documentos (passaporte, passagens, itinerário, mapas e etc). Saiba onde ficam as embaixadas mais próximas e sempre avise sua família sobre seus próximos destinos.

29. Cuide do seu pé.

Cerfifique-se de que seus calçados sejam adequadamente confortáveis, isso evitará problemas e dores no meio de sua viagem.

30. Se for levar presentes para casa, leve presentes minimalistas.

Assim você economizará espaço e peso em sua bagagem. Uma boa pedida são chaveiros, não costumam custar caro e não pesam!

31. Seja flexível.

Aprenda a se adaptar. Se as coisas não saírem como planejado, tente relaxar, respirar fundo e lembrar de que apesar da situação inesperada, você vai sobreviver! Durante uma viagem, nem tudo sai como o planejado e se desesperar só irá piorar qualquer situação desagradável.

32. Faça passeios gratuitos.

Muitos hostels possuem passeios grátis e muitas cidades no mundo oferecem esse tipo de serviço, como você pode ver nesse post aqui. Dessa forma você pode conhecer bem o lugar aonde está, fazer amigos e gastar pouco! Não esqueça de dar uma gorjeta para o guia no final do passeio!

33. Saia da sua zona de conforto.

Não tenha medo de sair da sua zona de conforto. Se apresente, peça para sentar perto de alguém, peça por direções, dicas de lugares para ficar, qualquer coisa! Converse com as pessoas, se atreva!

34. Tire uma folga.

Você não precisa aproveitar cada segundo. Haverão situações em que você estará casando, irritado, com saudades de casa e isso é completamente normal. Tire um dia de folga para recarregar as baterias, passe um dia em um hotel ao invés de um hostel, a fim de ter uma noite melhor de sono, vá almoçar em um restaurante. Fazer isso de vez em quando irá ajudar a aproveitar melhor o resto da viagem.

35. Siga o seu coração.

Esse é um dos melhores conselhos de viagem que existem. Se você gostou muito de um lugar, sinta-se livre para mudar seu roteiro e passar mais tempo nele. Aproveite o momento, sem se preocupar com tempo e itinerários.

Fonte: Buzzfeed

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

18 dicas essenciais para estudantes de intercâmbio

7 dicas para economizar em uma viagem pela Europa

15 hábitos de viagem que você precisa adquirir agora mesmo

50 passos para quem irá fazer uma viagem internacional pela primeira vez

Destaques,Dicas,Listas Bruna Sturzbecher 14 set 2015

Deixe seu cometário