12 razões para visitar a Bélgica

Eu poderia tentar escapar das frases prontas e clichês de viagens que sempre vemos (e falamos) por aí, mas a verdade é que não dá pra fugir muitos delas, porque, no caso da Bélgica, os bons clichês são todos reais. No momento em que pisamos lá pela primeira vez, depois de passarmos quase uma semana em Amsterdam, fiquei completamente apaixonada. E certamente irei voltar um dia. Apesar do pouco tempo que tínhamos para explorar o país, pudemos experimentar o que é estar nele e absorver toda a sua essência. E aqui vão doze motivos para você incluir a Bélgica nos seus planos:

1. CIDADES PITORESCAS: BRUGES, GHENT E ANTWERP

Um dos motivos mais óbvios para conhecer o país é sem dúvidas pela sua arquitetura e suas paisagens fantásticas, com suas cidades pequenas nas beiras dos lagos, tão divulgadas em imagens pela internet.

A cidade de Bruges, conhecida pelos seus traços medievais e por já ter sido o maior porto da Europa no século XV, é a mais procurada pelos turistas (e a nossa preferida). As ruas da cidade estão sempre cheias no verão e apesar de ser encantadora em todas as estações, é no inverno que a mágica acontece. As ruas mais quietas, o clima bucólico, o charme causado pela neve, tudo isso deixa a cidade ainda mais bonita. Fica a apenas 20 minutos de trem da capital, Bruxelas e de outra cidade igualmente encantadora: Ghent, cidade de estudantes repleta de beleza e charme. Agora, se o objetivo é conhecer cidades mais agitadas, uma dica é ir para Antwerp, conhecida por muitos como a capital da moda da Bélgica, repleta de cafés, boutiques e cultura em todas as esquinas.

2. WAFFLES

Certamente você já experimentou essa maravilha culinária, certo? Então agradeça à Bélgica por isso! Os famosos “Belgian Waffles” são populares não só pela Europa, mas também pelo resto do mundo, mas não tão saborosos como os originais. (Imagem: commons.wikimedia.org)

3. BATATA FRITA

Outra maravilha culinária que precisamos agradecer à Bélgica! E não existe, no mundo inteiro, lugar capaz de fazer batata frita melhor do que lá! São tão crocantes que parecem ter sido fritas mais de uma vez (ou duas). Dica: experimente com ketchup e maionese, mas juntos! (Imagem: foodbeast.com)

4. UM BELO LUGAR PARA RELAXAR

Talvez você já tenha ouvido falar por aí que não tem nada de interessante na Bélgica e que ela é parada e entediante. Fato é que o país é bem mais calmo e tranquilo se comparado à outros países europeus, mas entendiante? Jamais! É um país perfeito para quem quer desacelerar e relaxar curtindo boa culinária, boa cerveja (falaremos dela), bom clima e boa cultura. É perfeito também para tirar uns dias de folga enquanto estiver entre Amsterdam e Paris. Se quiser mesmo relaxar por lá, evite passar seus dias em Bruxelas, pois como toda capital, ela pode ser bem agitada.

5. ARQUITETURA

A arquitetura de Bruxelas, por exemplo, é incrível e impressionante e uma das mais intrigantes de toda a Europa. As praças principais da cidade, conhecidas como Grote Markt são imperdíveis e dão a impressão de estarmos em outra era, o que parece uma verdadeira viagem no tempo.

6. QUADRINHOS

Se você é um fã das histórias em quadrinhos, então esse é um ótimo motivo para conhecer Bruxelas, a capital belga. Em vários cantos da cidade é possível ver pinturas em quadrinhos pelas paredes, principalmente do personagem Tintim, criado pelo cartunista belga Hergé e que hoje é uma dos mais consagrados e tradicionais da Bélgica. Bruxelas é a capital mundial das histórias em quadrinhos.

7. CERVEJAS

Você certamente irá precisar de algo para beber enquanto saboreia as deliciosas batatas fritas. Cerveja é quase uma instituição para a Bélgica e as cervejas belgas são conhecidas pelo mundo todo por estarem entre as melhores cervejas do mundo. Uma maravilha para os viajantes cervejeiros de plantão! (Imagem: liquorsa.co.za)

8. DIVERSIDADES E LÍNGUAS

Uma das coisas mais fascinantes sobre a Bélgica é a sua diversidade. De um lado do país, o norte, fica a região de Flandres, onde os habitantes falam neerlandês. Já ao sul, está localizada a região da Valônia, onde os habitantes falam francês. Na capital, Bruxelas, a diversidade é maior ainda, pois como é a capital da União Européia, recebe imigrantes de todo o continente.

9. MERCADOS DE NATAL

Os mercados de natal são bem comuns ao redor da Europa, até mesmo em lugares famosos como a Avenida Champs Elysées, em Paris. Mas os mercados de natal mais encantadores do continente são, sem dúvidas, os que ficam nas pequenas cidades ao redor da Bélgica. (Imagem: hostelsclubblog.com)

10. CAPITAL VEGETARIANA DO MUNDO

A cidade de Ghent, por exemplo, é extremamente receptiva para quem é vegetariano, pois oferece vasta opção de comida vegetariana tanto em restaurantes quanto em supermercados. Existe inclusive a “Veggie Thurday“, uma campanha que encoraja quem não é vegetariano a não comer carne nas quintas-feiras. A Bélgica por si só é conhecida por ser uma das capitais vegetarianas do mundo, perfeita para viajantes veganos e vegetarianos! (Imagem: hungryforever.com)

11. FÁCIL LOCOMOÇÃO DE TREM

A Bélgica é um país pequeno e uma das melhores coisas sobre ela é sua conexão de trens. De Bruxelas você pode ir para Ghent, Bruges e Antwerp em menos de uma hora, por exemplo. A Bélgica também está conectada com o resto da Europa e de lá é possível viajar de trem até cidades como Paris e Amsterdam. (Imagem: commons.wikimedia.org)

12. PORQUE A BÉLGICA NÃO É “PARADA” COMO DIZEM

E assim concluímos que não, a Bélgica não é um lugar entediante e sim, você deveria acrescentá-la em sua lista de destinos. O país é maravilhoso e vale a pena conhecê-lo, principalmente se você está vindo de lugares como Amsterdam e Paris, que possuem bastante conexões entre si. Faça uma parada em Bruxelas e então siga para o interior, certamente será uma experiência inesquecível!

Via World Of Wanderlust

_

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

Paris: lugares clichês x lugares alternativos

11 cidades medievais da Europa que te farão viajar no tempo

10 pequenas cidades da Europa para você se apaixonar

Conheça Bruges, cidade medieval considerada “a Veneza do norte”

Bélgica,Destaques,Dicas,Listas Bruna Sturzbecher 20 nov 2015

Deixe seu cometário